Calafrios

Calafrios
Por Camila Fracalossi

Dedicado especialmente para @_rememberplease, que me lembrou que eu escrevia poesias HAHA - mesmo que essa seja velha, de junho de 2008.

É noite e eu sinto calafrios.
Você está lá fora, no frio.
Eu sonho com o seu abraço
Enquanto você está enlaçado em outros braços.

Meus sonhos não te alcançam, por mais que eu corra;
Eu nunca te terei, e é capaz que eu morra
Tentando te dizer, e é capaz que eu chore
Porque eu sei.

Mas meu sonho não dorme, não cessa;
Enquanto dormes em braços amados,
Choro e suspiro noite adentro,
Assombrada por ti.

Enquanto dormes, suspirando, agonizo;
Quisera eu saber o que era ser amada assim,
Quisera eu te ter pra mim
Ou só mais uma chance.

E é - impossivelmente irracional,
Não mais fraternal;
Platonicamente absurdo
E você, agora, é meu mundo.

Ainda é noite e eu sinto calafrios;
Você continua lá fora, no frio.

1 comentários:

Rafaela disse...

Cams, Que saudades de ler seus textos e poesias. Eles dão um sabor a mais a simples artede viver=]; Lembra?! Minha campeã de concursos literários .. Ah, desculpem.. em duas categorias.. rsrsrs.
Vc é PHODÁSTICA. ASUHASUHAUSHASU..
você é mais que isso, vc é VERDADEIRA, Pura e tudo de bom.
Te amo.
I'll be here for you. Always!