Sardas

Demorei a conseguir um título, mas eis-lo aqui.

Sardas
por Camila Fracalossi
foto retirada de http://www.flickr.com/photos/pedrojose/


Ele se afastava em câmera lenta, e todos os momentos passavam pela mente dela. Desde o primeiro beijo (cujo sabor permanecia em seus lábios) até o último momento, em que ele dissera que a mágica e o sentido de tudo tinham se perdido. Sentiu a lágrima escorrer, dolorida, por sua face. Decidiu que SIM, era aquilo que ela queria e ele quem ela amava, não importassem defeitos ou qualidades. Porque, afinal, quem ama não ama por, mas sim apesar de.
- Espera! - gritou ela, correndo até ele.
- Diz. - ele se virou, os cabelos balançando ao vento, a voz embargada.
- O que houve, afinal? - ela tocou seu rosto, carinhosamente. Ele, por sua vez, fechou seus olhos. - Como a gente deixou isso tudo acontecer?
Ele abriu novamente os olhos verdes, respondendo-lhe com um olhar de dúvida. Encarava aquele rosto de porcelana tão perfeito, emoldurado pelos cabelos vermelhos. Aquele rosto, adornado pelos belos olhos azuis em que ele adorava se perder e pelas sardas que ele amava contar, só para ficar mais próximo de seu rosto e roubar-lhe um beijo, como fora o primeiro. Por que dissera aquilo, afinal? Tinha sido um idiota... a mágica ainda acontecia, e a sensação tão conhecida de borboletas em seu estômago se repetia por incontáveis vezes.
- O que houve conosco, James? - ela repetiu a pergunta - Eu insisto em uma resposta, simplesmente porque eu tenho cada vez mais certeza que te amo e que é contigo que eu quero passar o resto da minha vida.
Ele continuou imóvel, perdido nos olhos dela.
- Diz alguma coisa, por favor... - ela implorou, num sussurro semelhante a uma prece, a lágrima solitária com uma imensa vontade de escorrer. Não tinha mais forças para lutar contra ela, e deixou que ela escorresse. Ele enxugou seus olhos e encarou-os profundamente.
- Posso contar suas sardas?

4 comentários:

Dee disse...

Que lindo! *-*

Gui disse...

Uma mulher com sardas fica linda. Acho eu.

Anônimo disse...

Eu simplesmente não sei o que dizer quanto ao seu talento, e aquela frase " Porque, afina, quem ama não ama por, e sim apesar de." quando eu li essa frase eu falei pronto o melhor do texto esta aqui, resumindo o resto e todo resto já sera bom o bastante, mas ai é que melhora e você diz a importancia das pequenas e verdadeiras belezas da pessoa e principalmete a importancia dos "olhos", este trexo de conto foi uma das melhores coisas que eu já li. Me prometa que fara um livro inteiro com essa intenssida, e pesso mil perdões por ter escrito tanto.
Mil beijo, Wellington.
kraiham@hotmail.com

maay disse...

" Porque, afina, quem ama não ama por, e sim apesar de. Clarice lispector !
amei seu texto =)