Confiança, por Dressa

# Confiança, por Dressa

Presente de Amigo Oculto Pixie para a Cami! Espero que goste, fofa ^_^ Te amo muito, menina foda *-*

- ... e, nossa! Eu não sabia o quanto vocês garotos podem ser necessitados, dude. Sério.
James rolou os olhos ao comentário de Camila. O rapaz estava confortavelmente acomodado no sofá de sua casa, num estranho dia livre de compromissos com o Son of Dork, deitado no colo da melhor amiga. Sentira falta de Cami durante o período que se ausentara com a banda e agora ela lhe contava em detalhes o que andara fazendo.
- Não é brincadeira. A Leka só não perdeu o BV nessa viagem porque não quis, porque gente que queria ficar com ela não faltou.
- Jura? Quantos?
- Só os que dormiram lá na casa da minha tia, onde nós nos hospedamos, tinha dois. Ainda tinha uns feiosos da praça e um amigo do meu primo, mas esse último eu não tenho tanta certeza. Ele só ficava encarando, e eu prefiro acreditar que era a Leka.
- Por que?
- Porque se não for ela, sou eu! E do jeito que meu primo tava comigo nesse quesito, era capaz de pedir pro menino me agarrar e me tirar o BV.
James abaixou a cabeça, concordando e silenciando-se de repente. Pesou uma quietude na sala.
- E você não ia querer? – ele perguntou, depois de um tempo.
- Eu sou uma sonhadora romântica, James. Eu quero dar meu primeiro beijo com alguém que eu goste e confie muito.
Ela suspirou pesadamente. Pelo canto do olho, percebeu que ele não a encarava, mas lhe prestava atenção.
- Mas eu sei que estou fadada a ser titia, então afogo minhas mágoas e idéias e sonhos não realizados em páginas e páginas de fanfics românticas.
- Você não vai ficar pra titia, Camila.
- Eu sei que sim, James. Eu tenho quase 17 anos e nunca dei um selinho. Pelo menos tô no mesmo barco da minha melhor amiga; ela tá até mais avançada que eu, porque ela só é BV porque quer, mas, whatever. Só espero que não me abandone depois. To me acostumando à idéia de ser a nova Bridget Jones.
Ela ficou em silêncio, pensativa. Intimamente, queria que tudo fosse mais fácil. Era simples: James percebia suas indiretas mais do que diretas no ponto de vista dela, eles davam o amasso de suas vidas e ele a pedia em namoro. Mais alguns amassos e PANZ! Final feliz.
Droga. Ela era medrosa demais.
Respirou.
- James, me faz um favor?
- Qual?
- Tira meu BV?
Respirou de novo. Ele parecia em choque.
- Eu vou entender se isso for loucura demais pra você, me... me desculpa, eu... eu.... – ela falou rápido, enrubescendo.
- Não, não, não é isso! Eu só... por quê?
- Porque eu prefiro que seja com alguém que eu confie. E que eu goste bastante. E que não me zoe tanto depois, nem me magoe. Just like you, babe. – ela sorri e dá de ombros, olhando pra baixo. – Eu vou entender se você se negar. É muita maluquice, eu sei.
- Tudo bem.
Ela ergueu os olhos. Ele sorria calmamente.
- Tudo bem. – ele repetiu.
Ela ficou vermelha à medida que ele se aproximava. Ele levantara-se e postara-se ajoelhado à sua frente.
- Er... o que eu faço? – ela murmurou, envergonhada.
Ele ergueu o tronco, ficando da mesma altura que Cami, apesar dela estar sentada. Levantou uma mão e carinhosamente acariciou sua bochecha.
- Fecha os olhos.

Fim?

Essa fic ficou maior no caderno o_o E essa fic é estranha. Mas espero que tenha dado tempo de você gostar dessa fic ^_^

1 comentários:

_cams; disse...

Porque eu simplesmente AMO esse texto da Dressa.
Brigada, pequena! ^__^